2º Ano

Parlendas e Trava-línguas

 

Áreas do Conhecimento: Língua Portuguesa, Artes e Geografia.

O Projeto Parlendas e Trava-línguas faz o estudo dos textos mais populares produzidos pela cultura oral nordestina. Eles são próximos da expressão infantil e trazem desafios linguísticos de uma forma poética, a partir da composição da estrutura da língua portuguesa.

Para a criança os desafios são ler, dizer, compor e fazer intervenções nestes textos. Com o conhecimento construído as crianças produzem um coral de poesias e músicas. 

(PARLENDAS)         (se a parlenda é difícil de pronunciar, passa a se chamar TRAVA-LÍNGUA)

“Corre, Cutia,              "O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar." 

Na casa da Tia

Corre Cipó

Na casa da Avó.

Lencinho na mão

caiu no chão

Moça bonita

Do meu coração

Um, dois, três.” 

Projeto Coleções

 

Área do conhecimento: Matemática

As coleções ajudam a criança a desenvolver o raciocínio lógico e a construir a noção de número, pois envolvem atividades de classificação, ordenação e seriação. Este tipo de atividade ajuda a criança a fazer vários tipos de relações, levando-as, aos poucos, ao conceito de número como conhecimento lógico matemático.  

O principal objetivo é que a criança compreenda a regularidade dos sistemas de numeração.

Projeto Crianças Daqui Dali e Acolá

 

Áreas do conhecimento: História e Geografia

 

O QUE VOCÊS SABEM SOBRE AS CRIANÇAS DO BRASIL E DO MUNDO?

Este projeto é uma investigação sobre a infância em diferentes partes do mundo: o que se aproxima e o que diferencia das nossas crianças. Crianças Daqui, Dali e Acolá dá às crianças a oportunidade de conhecer outras culturas.

2º_ano_-_projeto_crianças_daqui.jpg

O livro Jogos e Brincadeiras foi escrito pelas crianças do 2° ano durante o projeto Crianças Daqui, Dali e Acolá. Os alunos registraram questões em torno do brincar - dos jogos e brincadeiras vivenciados durante as pesquisas sobre o universo de diferentes crianças que estão espalhadas mundo afora, independentes da época e região.

 

​​Acesse as publicações

Projeto Mãos na Massa

Áreas do conhecimento: Língua Portuguesa

O Projeto Mãos na Massa trabalha com o registro do texto instrucional, bastante utilizado na vida cotidiana, em várias situações. Textos instrucionais são aqueles que dão orientações precisas para a realização de diversas atividades: jogar, cozinhar, montar um brinquedo... Ou seja, textos que registram o passo a passo de uma prática, com uma linguagem clara e objetiva.

A nossa proposta para a criança é lembrar as receitas culinárias preferidas da mamãe, da vovó, ou daquela que come quando vai a algum lugar ou é preparada em um dia festivo. Propomos que ela atue em duas frentes: que saia do lugar de ator ou autora (cozinheiros) e ocupe o espaço de autoria (produtores textuais).

Além de experimentar todo o processo lúdico de produção dos alimentos e saborear as receitas que são preparadas, a criança é convocada a pensar sobre as características deste gênero textual e aprender a registrá-lo. Este registro vai para o livro de encerramento do projeto. 

Ambientes Naturais de Salvador

Áreas do conhecimento: Ciências, História e Geografia

O objetivo desse projeto é conhecer um pouco da história dos ambientes naturais de Salvador e evidenciar a importância dos componentes do meio em que vivemos, a fim de estimular o interesse pelos temas ligados ao meio ambiente. Com isso, oportunizar uma reflexão sobre os problemas ambientais, sensibilizando para a necessidade de preservação de nosso patrimônio natural e a maneira como a sociedade transforma este espaço. 

Projeto Di-versões de Chapeuzinho Vermelho

Áreas do conhecimento: Língua Portuguesa

O Projeto Di-Versões de Chapeuzinho Vermelho trabalha com o registro do texto narrativo, a partir do resgate da história de Chapeuzinho Vermelho.

Depois de entrar em contato com a história enquanto leitor na Educação Infantil, agora a criança é convocada a se colocar no lugar de autor, pensar no leitor e reescrever a história. As atividades propostas são organizadas de maneira que os alunos progressivamente se tornem capazes de ler autonomamente os textos propostos; produzir textos coesos e coerentes; escrever textos legíveis, preocupando-se com a segmentação, com a forma ortográfica e tendo a percepção da importância da pontuação. 

Ao final do Projeto é organizado uma coletânea com as histórias produzidas pelos alunos, a partir da releitura da história de Chapeuzinho Vermelho.

Personagens como o lobo, a vovó e a própria menina de capuz são figuras vistas em diferentes versões desse conto - Chapeuzinho Azul, Amarelo, Shortinho Vermelho... A coletânea de histórias é produzida pelas crianças a partir da releitura da história de Chapeuzinho Vermelho. A produção é realizada ao longo do Projeto Di-Versões de Chapeuzinho Vermelho que convoca o aluno a se colocar no lugar de autor, pensar no leitor e reescrever a história.

Acesse as publicações